Moda Outono/Inverno 2018

Oficialmente o outono já começou, mas se ainda parece difícil pensar em casacos, botas e nas cores sóbrias, tradicionais das estações mais frias, saiba que este ano as coleções outono/inverno estão mais coloridas e divertidas. A Revista Prado conversou com Justini Armani, docente da área de moda do Senac Campinas e sócia de uma marca de roupas, que contou sobre as tendências para a estação fria.

Revista Prado –  Quais são as principais tendências para outono/inverno 2018, levando em conta cores, tecidos, modelagens e estampas?

Justine Armani – A furta cor, metalizado, azuis, pink, violeta, lilás, laranja intenso, vermelho, verde musgo e amarelo serão vistos nas ruas dando leveza e alegria na nova estação. A lã, o veludo molhado e cotelê e tecidos fluidos serão usados como sobreposições pesadas com a seda e o crepe. Uma tendência forte é misturar estampas. Para facilitar as composições faça combinações que tenham cores análogas ou estampas com o mesmo tema.

RP – Há uma peça coringa e atemporal que podemos investir sem medo de cair em desuso nos próximos anos?

Justine – Várias peças podem ser aproveitadas. Casacos de alfaiataria, trench coats e modelos com amarrações na cintura. Pantalonas, tricôs com detalhes geométricos, peças de couro sintético, regata (para sobreposições), que podem ser usadas no verão e no inverno. Camisas de modelos variados, suéter e cardigã, calças retas e flare, são clássicos.

RP – Como adaptar as versões das passarelas para o dia a dia?

Justine – As versões das passarelas são sugestões para interpretações de cores, texturas, volumes, silhuetas, que serão usadas na temporada. Para o dia- a – dia, vale as versões que tenham inspirações das passarelas, com pequenos detalhes em plumas ou patchwork, que poderão estar nas bolsas, calçados ou jeans. Se for uma peça muito marcante, use-a como ponto focal do look, neutralizando as demais. De qualquer forma, o que mais importa é adequar a tendência ao seu tipo físico, estilo pessoal e ocasião que a peça será usada.

RP – O que não se deve usar no outono e no inverno?

Justine – Evite tecidos gelados como a viscolyca e o fluity, sandálias de dedos de fora ou calçados de plásticos vazados.

RP – Peças para o dia e peças para noite, ainda há essa divisão? O que usar durante o dia e o que é mais adequado durante a noite?

Justine – Quase já não há esta divisão. Vale observar e entender qual o grau de formalidade para cada ocasião e para adequação de tecidos, cores e modelos. De qualquer forma, dependendo do local á noite, dá para explorar um pouco mais de brilhos, decotes, transparências e tecidos mais nobre como a seda, Jacquard e os brocados.