Paris

Você não precisa estar na capital francesa para degustar o prazer elegante de um chá na famosa casa de doces LaDurée, onde para muitos estão os melhores macarrons do mundo. Da crosta crocante o interior levemente amolecido, no ponto certo ativando o cérebro para intenso prazer degustativo.

Em Vancouver, para manter a qualidade, eles recebem duas remessas semanalmente, que garantem o sabor parisiense “comme il faut”, como dizem os franceses. Mas, não pense que é só – o requinte da casa – com seus adereços clássicos de uma elegância ímpar – imprime o “savoir vivre” da hora do chá. Para acompanhar, doces de receitas milenares, com a dose certa do açúcar e o ponto certo da alta gastronomia, para nunca mais ser esquecido este momento mágico na Robson Street.


Veludo em alta

Com os cortes retilíneos, elegância ímpar, a tendência dos veludos tanto o coutelê como o molhado, o inverno 2018 também se abre para ousadias. Não apenas os clássicos, preto, cinza, tons terrosos, mas também estampas florais quentes e alegres. Da cultura oriental vem a inspiração da Indochina. Mas trazendo um conceito de paz entre conflitos Ocidente e Oriente, através de uma junção com ornamentos da Era Vitoriana, que por sinal já foram destaques em coleções passadas.

O clássico tweed de Chanel aparece repaginado com franjas compondo ousadias modernas. Folhagens, verde em alta, natureza presente, a dupla lurex/lamês. O exagero do brilho foi contido, mas ele renasce em novas roupagens com toques de glitter e glossy atualizados.


Pedras preciosas

As esmeraldas estão em alta e na Feira Nacional da Indústria de Joias, Relógios e Afins (Feninjer), que aconteceu em fevereiro, teve entre as empresas cariocas da Associação de Joalheiros e Relojoeiros do Rio de Janeiro (Ajorio), a designer Márcia Mór apresentando a coleção “Na Mina com Esmeraldas”, com anéis, brincos e pingentes com a pedra brasileira como protagonista. A coleção exalta a extração responsável e honesta. Márcia escolheu pedras grandes para desenvolver peças únicas e emblemáticas, fortes na estrutura e focadas no luxo. Com as pequenas, criou joias para o dia a dia, anéis que podem ser usados em todos os dedos juntos e brincos que fazem das orelhas um patchwork de formas que conversam entre si.