Fernando de Noronha

O arquipélago é o lugar perfeito para relaxar, descansar, curtir o mar, se conectar com a natureza e se encantar com tanta beleza num cantinho paradisíaco no nordeste do Brasil

O paraíso é aqui!” Essa foi a frase de Américo Vespúcio quando descobriu o arquipélago de Fernando de Noronha, em 1503, que a princípio foi chamado de São Lourenço. Sim, sem medo de qualquer clichê, o lugar é o verdadeiro paraíso na Terra. Formado por 21 ilhas e pertencente ao estado de Pernambuco, Fernando de Noronha tem uma natureza rica e diversa, águas cristalinas e muitas praias cinematográficas. Em dezembro de 2001, a Unesco considerou o arquipélago um Sítio do Patrimônio Mundial Natural. Para entrar na ilha é preciso pagar uma taxa de preservação que gira em torno de R$70,00, por dia de permanência, que pode ser paga antecipadamente pela internet.

A ilha é pequena, tem apenas 17 quilômetros quadrados e a menor BR do país – a 363, com seis quilômetros de extensão – o que facilita desbravar o território. Com as praias divididas em mar de dentro e mar de fora, é fácil coordenar a infinidade de atrativos e atividades.

Fernando de Noronha – Turismo | Novembro de 2017