Volvo XC90 T8 (híbrido)

O mais potente SUV da história da Volvo, com altíssimo luxo e tecnologias inéditas

O Volvo XC90 T8 se destaca por ser um SUV híbrido com motor elétrico e a combustão conta com a tecnologia plug-in, que permite carregar o veículo na tomada em casa e percorrer até 35 quilômetros no modo totalmente elétrico. Além disso, tem um consumo de até 15,3 km/l na cidade e 15,8 km/l na estrada. O XC90 T8 vem equipado com um cabo de 4,5 metros, que tem um inversor de tensão para carregamento em residências e a carga total da bateria é feita em duas horas e meia.
O XC90 T8 chega à 407 cv de potência máxima ao combinar o motor Drive-E Turbo Supercharger 2.0 litros de 320 cv, com um motor elétrico (que equivale à 87 cv) ligado apenas ao eixo traseiro. Já o torque máximo combinado é de 640 Nm. Mesmo com 2.319 kg, o modelo atinge os 100 km/h em apenas 5,6 segundos e chega a máxima de 230 km/h.

 

Por suas características únicas, o XC90 T8 incorpora outras modificações. Como símbolo da sofisticação, a manopla do câmbio é feita de cristal sueco da marca Orrefors.
Na figura de veículo mais inovador já produzido pela Volvo em sua história, o XC90 oferece o Pilot Assist de segunda geração. Esse recurso conta com sensores, um radar frontal e câmeras inteligentes que monitoram as faixas das vias. Ele também é capaz de comandar a aceleração, a frenagem e a movimentação do volante até 130 km/h. Na prática é um sistema de condução semiautônomo.

 

O XC90 T8 apresenta um dos melhores sistemas de áudio já desenvolvidos para um automóvel, em parceria com a Bowers & Wilkins. São 1.400 watts, 19 alto-falantes, incluindo um dos primeiros subwoofers tipo “air-ventilated” instalados em um carro.

 

O carro ainda oferece o Chassi Four-C, com o sistema de suspensão por bolsas de ar, que habilita o motorista a ajustar, nos modos de condução, a altura mais adequada de rodagem, de acordo com o piso e dispõe também da última geração do City Safety, sistema de frenagem automática com funcionamento diurno e noturno. O recurso auxilia o motorista nos casos com risco de colisão no veículo da frente, pedestres, ciclistas e até mesmo animais de grande porte (cachorros ainda não são detectados).