Taormina: um tesouro da Sicília

Chamada de Pérola do Mar Jônico, a cidade que preserva suas características medievais é uma das mais visitadas no sul da Itália

Roma, Veneza, Milão, Nápoles e Florença são as cidades que costumam liderar nos roteiros de quem visita a Itália. Realmente são ímpares e merecem muitos dias para aproveitar todas as suas atrações. Mas, desta vez a dica é explorar a Sicília, a ilha ao sul do país, e mais precisamente Taormina, uma cidade onde a história e as belezas naturais disputam a atenção dos turistas.

Cenário do lme Imensidão Azul, do nal da década de 1980, Taormina é banhada pelo mar Jônico, o que signi ca ter diante dos olhos praias com águas em tons azulados, mas cristalinas e frias. Isolla Bella é a praia mais famosa do local. Em seu trecho de pedras ao invés de areia é difícil caminhar, mas o que é uma dorzinha nos pés diante de tamanha beleza para se admirar? A ilha logo à frente pode ser acessada com facilidade. Já o trajeto entre a parte baixa da cidade, onde cam as praias, e o centro pode ser feito de teleférico ou de carro. Há também diversos ônibus turísticos que circulam por toda a cidade com paradas nos principais pontos turísticos.

A estrada para chegar à cidade é cercada de verde e sinuosa, assim como as ruas medievais da região central. Há alguns pontos em que há mirantes e cada oportunidade deve ser aproveitada para registrar belas imagens.

A gastronomia é outra vertente que encanta os visitantes de todas as partes do mundo. O famoso bolinho arancini siciliano pode ser encontrado em diversos bares e restaurantes, assim como sorvetes artesanais e o doce tiramisu em diferentes versões.

Taormina foi fundada pelos gregos quase 400 anos antes de Cristo. Seu centro histórico merece muitas horas de visita ou muitas visitas ao longo dos dias de estadia. Sabe aqueles lugares que te fazem se sentir no passado? Ali são tantas atrações e tanta beleza arquitetônica, que é como se os turistas estivessem voltando no tempo.

Igrejas de pedras que abrigam em seus interiores belas imagens sacras, grandiosos paredões medievais, casas coloridas e ruas estreitas por onde é inacreditável que carros trafeguem formam o conjunto de atrações. Há ainda as praças como a IX de Abril, onde as pessoas param sem pressa para tomar um café e para curtir a paisagem.

Mas um dos destaques dali é mesmo o grandioso Teatro Grego, cujas ruínas são preservadas o su ciente para encantar os visitantes. Eles, aliás, não hesitam em sentar nas arquibancadas para fotografar e observar com calma aquela imensidão de todos os ângulos. Ao caminhar pelos corredores, aprecia-se belas paisagens de um dos pontos mais altos da cidade. Se o céu estiver limpo, é possível se deslumbrar com a proximidade do famoso Vulcão Etna. Quem quiser chegar até ele pode embarcar em um dos passeios de ônibus oferecidos a cada esquina pelas empresas de turismo receptivo.

No caminho para o teatro vale reparar nas sacadas dos apartamentos, que são repletas de vasos coloridos e muitas plantas, e parar nas lojinhas que vendem cerâmicas. Difícil é sair dali de mãos vazias.

Para se hospedar, boas sugestões são o Hotel Villa Carlotta, o San Domenico Palace Hotel e o Hotel Villa Ducale, todos famosos pela excelência do serviço e pela boa localização. A nal, para a viagem ser completa a estadia também precisa estar em sintonia com o destino.

Confira o vídeo com dicas de viagem da LATAM TRAVEL – Shopping Iguatemi Campinas:

1 Comment

Comments are closed.