BMW i3

O compacto elétrico da BMW mostra toda sua eficiência num mundo mais sustentável

O i3 é o único carro totalmente elétrico vendido regularmente no Brasil. Ele foi projetado desde o início para ser um veículo de propulsão totalmente elétrico. Isto tem várias vantagens sobre veículos “convertidos”, no qual o motor original de combustão é trocado posteriormente por um motor elétrico.

Num carro elétrico, tudo é pensado para poupar e até mesmo recuperar energia. Assim, no BMW i3, há um sistema que regenera parte da energia, quando o motorista não está acelerando o veículo. O modo de recuperação é ativado assim que o motorista tira o pé do acelerador, gerando um tipo de freio motor.

A bateria de alta tensão é composta por oito módulos (cada um com 12 células individuais), que juntos produzem uma tensão nominal de 360 volts, e é capaz de gerar cerca de 22 Kw/h de energia. O carro pode ser carregado em uma tomada doméstica convencional levando cerca de 10 horas (em 220 volts), ou através o BMW iWallbox (acessório para ser instalado na residência), em cerca de três horas. Mas quando é conectado a uma estação pública de carregamento rápido (50 kW), em 30 minutos a bateria atinge 80% da capacidade.

O BMW i3 na versão REX, conta com um motor à combustão, que tem a exclusiva função de gerar energia para o sistema, sem qualquer ligação com o sistema de tração do carro. O motor elétrico gera uma potência máxima de 125 kW, o que equivale a quase 170 cavalos. Mas o diferencial é o torque máximo de impressionantes 250 Nm, disponível a qualquer momento. Com essa arquitetura, o veículo tem desempenho convincente. Ele acelera de 0 a 60 km/h em apenas 3,7 segundos e de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos, sua  velocidade máxima é limitada eletronicamente à 150 km/h, para proteger o sistema elétrico.

O motor elétrico ajuda o compacto se locomover de maneira eficaz e seu consumo médio de energia do motor é cerca de 0,13 quilowatts/hora por quilômetro. Isso significa que o custo por quilometro rodado fica entre 1/5 e 1/4, quando comparado ao custo de quilimetro/litro da gasolina.

A bateria de íon de lítio permite que o BMW i3 alcance uma autonomia de 130 a 160 km na condução diária. Com o uso do extensor (motor à combustão) a autonomia sobe para cerca de 300 km. É indiscutível que a BMW conseguiu fazer um veículo muito legal de ser conduzido. A posição baixa e central da bateria gera um efeito positivo para o centro de gravidade e a distribuição de peso 50:50, típica de carros de competição, garantem ótima dirigibilidade.

1 Comment

Comments are closed.