O Santos FC tem a melhor categoria de base do Brasil

Por Carlos Batista

A análise não é pelo ranking, se fosse o São Paulo lidera a pontuação dos clubes que disputam os, cerca, de 40 campeonatos espalhados pelo Brasil. É por causa da integração entre a base e o profissional. Essa característica é muito importante em um clube de futebol.

O Santos utiliza bem esse modelo e aos poucos, os jovens atletas vão trabalhando com os profissionais até adquirir experiência. O time profissional do Santos quase sempre é constituído com metade dos titulares com jogadores da categoria de base.

De 2.000 para até hoje, as revelações do Santos são muitas: Robinho, Diego, Alex, André Luiz, Wesley, André, Rafael, Alan Patrick, Felipe Anderson, Alison, Alan Santos, Lucas Otávio, Daniel Guedes, Geuvânio, Gabigol e Neymar, entre outros foram revelados pela base santista.

Jogadores que foram vendidos por milhões à Europa e disputado por grandes clubes do futebol europeu.

Outro fator importante é que a diretoria santista dá total suporte para o técnico da base trabalhar.

O Peixe é campeão de revelar craques. Mas, não é de agora.

Em 1978 por causa da situação financeira do clube, sem dinheiro e com um elenco limitado, restou buscar reforços nascidos na própria Vila Belmiro. Foi quando surgiram jogados como Juary, Nilton Batata, João Paulo e no meio de campo, o craque Pita, com 19 anos.

Foi a primeira versão dos meninos da Vila.